Architecture News

"As pandemias de habitação e / ou Cidades Inteligentes?": Visões em megacidades do terceiro milénio o encontro org

Comparações do convite de Março de 23 2015
"As pandemias de habitação e / ou Cidades Inteligentes?": Visões em megacidades do terceiro milénio o encontro org Foi alterado: 2015-03-12 di RedOffice

Nomeação de março 23 2015 18.30 no Illy Café, Piazza Gae Aulenti 4, Milan "habitação Pandemias e / ou Cidades Inteligentes?", O primeiro dos "contra 2015", uma exposição concebida por Samaras.

O poeta Guido Oldani falará com o especialista em estratégias urbanas Giacomo Biraghi, moderado por Luisa Cozzi. De um lado, o Realismo Terminal em que corpos e objetos humanos se acumulam cada vez mais para formar massas disformes e, de outro, cidades inteligentes que, em sua forma de se expressar e se difundir, identificam a solução para o problema metropolitano.

Segunda-feira 23 de março às 18.30h2 no Caffè Illy na Piazza Gae Aulenti em Milão (Porta Nuova - M5 e MXNUMX Garibaldi Station), a nova área criada pelos tecnocreativos do terceiro milênio, a área mais inovadora da cidade, rodeada de arranha-céus de vidro, jardins verticais e uma energia pulsante renovada, um encontro - choque entre duas visões que nascem nas megalópoles do terceiro milênio, vistas por um lado como pilhas de corpos humanos e objetos, por outro como lugares metropolitanos onde você pode viver melhor e mais tempo.

O evento, organizado pelo “Projeto Cultural Samaré” em colaboração com “Expopportunity” e “Adv. Estratégias de Comunicação ”, terá a participação de Guido Oldani e Giacomo Biraghi, moderados por Luisa Cozzi.

Oldani é uma das vozes poéticas internacionais mais reconhecidas, o poeta do “Il cielo di Lardo”, do Gruppo Ugo Mursia Editore, bem como o Diretor da série “Argani” da Mursia Editore e criadora do Realismo Terminal. Essa teoria, que surgiu no terceiro milênio, surge como consequência do fato de a população mundial ter se mudado principalmente para as metrópoles (pandemias habitacionais); assim, ocorre uma mutação antropológica que revoluciona a modalidade de percepção.

Biraghi, especialista internacional em estratégias urbanas e um dos 10 maiores especialistas no mundo das Smart Cities, também é cofundador da "Secolo Urbano", Coordenador da Expo 2015, Mesas Temáticas de RP Digital e Mídia da Expo 2015 SpA Especialista em gestão estratégica de complexos projetos territoriais, na Itália e no exterior, dirige iniciativas para administrações públicas e empresas de serviços locais (Plano de Governo do Território de Milão, Perfil da cidade de Buenos Aires).

No encontro, Guido Oldani, inventor do Realismo Terminal, no qual corpos e objetos humanos se acumulam cada vez mais para formar essas massas informes, tratará de pandemias de habitação; por outro lado, existem as Smart Cities que parecem estar em clara contradição com a visão poética de Oldani, mas que, na realidade, na sua forma de se expressar e se difundir, identificam cada vez mais a solução para o problema metropolitano. Giacomo Biraghi, por outro lado, ajudará a esclarecer, com uma série de exemplos da sua experiência direta, sobre a nova forma de Smart Citylife, possível dentro das megalópoles, que poderiam ser cada vez mais à escala humana. O encontro será enriquecido pelas intervenções de Graziano Milia, Marina Bignotti, Luca Pellegrini e muitos outros.

Os próximos eventos planejados em 2015 para comparações de revisão são "Digital Analog híbrido" e "A Lógica da água."

Informações do evento: https://www.facebook.com/groups/ProgettoCulturaleSamare/

Também recomendamos

responder