gráficos

Senadora Cristina, Desenhos de Benjamin desenhos Servino

cristina_senatore_servino-illustr-5_low
Senadora Cristina, Desenhos de Benjamin desenhos Servino Foi alterado: 2012-02-21 di cristina senador

Esta série de gráficos sobre os desenhos de Benjamin Servino, nascido por acaso, a partir de uma conversa casual no facebook, em uma amizade virtual fortuito.

I, tendo sido sempre uma paixão pelo design eu tentei fazer o meu trabalho e tantos anos eu lido com design gráfico e comunicação. Entre outras coisas por alguns meses eu trabalho como ilustrador para o jornal "CasaFacile" Mondadori e eu cuidar do meu próprio blog (http://ilbaulevolante.blogspot.com/) Quando os escritos públicos, notas, ilustrações, desenhos, através do qual eu refletir sobre o que me chama a atenção (art, design, comida, arquitetura, etc ..) .. O resto são mulher comum .. curioso, apaixonado, que ainda adora estudar.

Ele, Servino, é um arquiteto de renome internacional. Seus trabalhos são publicados em revistas nacionais e internacionais mais importantes. Ele foi convidado para exposições na Itália e no exterior (incluindo a Bienal de Veneza, e exposições sobre arquitetura italiana em Nova York e Pequim). Ele foi nomeado em 2002 2004 e o prémio Mies van der Rohe. Em 2007 ele recebeu o Prêmio Internacional de Arquitetura Stone. Ele é autor, entre outros de "BASIC-SUPERFÍCIE. Álbum de arquiteturas 2007-1985 ". Seus projetos são visíveis aqui: http://ec2.it/beniaminoservino

cristina_senatore_servino-ilustração-1_low

cristina_senatore_esplosione-de-ouro-on-servino_low

Esta série, portanto, nasce por acaso, é o encontro de dois mundos distantes. Ele quer estar do meu lado tentando entrar em um espaço não meu. Para usá-lo e trazê-lo para mim como um terno novo. O trecho começa a sonhar deliberadamente em contraste com a atmosfera séria que reflete o projeto arquitetônico, com a intenção de querer mexer com irreverente, para experimentar simultaneamente a emoção de espaço de vida que me atrai de lado a lado "humanizar" a atmosfera que eu pareço um pouco frio e distante do povo, alguém - Eu li - as chamadas "metafísicas". A arquitetura é para as pessoas. Eu não fiz nada, inspirando-se em afirmar que o meu direito de viver a arquitetura.

Outros projetos são visíveis neste link:http://ilbaulevolante.blogspot.com/2012/01/i-miei-disegni-sui-suoi-disegni-omaggio.html

Também recomendamos

responder